sábado, 18 de fevereiro de 2017

Esquentar banco ll (Por Toninho Bolado)

Há poucos dias escrevi um texto sobre o fato do Mancuello, estar esquentando banco para o Conca, até ai tudo bem, pois a final, esquentar banco para o Conca, eu acho que seria uma honra para qualquer jogador. Inclusive, expliquei que para isto, teria de ser feito por um jogador técnico para que não houvesse o risco de uma mudança muito brusca.

Pois bem, acontece que hoje vendo a provável escalação do Flamengo, já vejo Mancuello, ou Berrio. Por que ele? A final o cara está jogando bem. Já vejo lá na frente, aquele time de correria que amarelou no final do brasileiro. Porque se o Zé Ricardo ficou feliz com aquele terceiro triste lugar, eu não fiquei. Tínhamos todas as possibilidades de conquistarmos esse campeonato e deixamos escapar pelos dedos,aliás, deixamos não o técnico deixou, pois ele armou e insistiu em um time que corria muito, mas que não fazia a bola chegar para o Guerreiro.

É muito bom ter opções diferentes, por exemplo: Entrou com um time mais técnico, não está dando certo, põe um time de mais correria, mas ele não...Tirava o seis e punha meia dúzia. Cansou de fazer isso, principalmente no final do brasileirão.

A vantagem do técnico em ser jovem é que, ele pode estar sempre aprendendo. Espero que ele tenha aprendido com seus erros e que os tenham reconhecido e que não os repita.

Por Toninho Bolado

Acabou a esperança (por Toninho Bolado)

Acho que o Flamengo tem um bom time titular, talvez até melhor do que aquele de 2.009, salvando o Bruno, o Pet e o Adriano, que eram incomparáveis, temos, nessa equipe de agora, muito bons jogadores.

No início do campeonato Carioca, eu imaginei que o Flamengo bem que poderia abrir mão dos titulares e dar oportunidade aos garotos da base, mas aí veio os bons resultados, a rivalidade, a chance de ser mais uma vez campeão e desisti desse pensamento.

Só que, aparece outro torneio, que de tão insignificante, até me esqueci o nome. E fico sabendo que o técnico iria poupar todos os jogadores titulares, ai pensei cá com meus botões agora ele vai dar oportunidade para a garotada. O problema é que ele tinha nove... “nove” jogadores entre aspas que não pertenciam à base, Nove craques, tais como: Marcio Araújo, Rodinei, Gabriel, Donatti, Damião, acho melhor parar por aqui...

Se ele pusesse esses nove craques para jogar, já que ele gosta tanto deles, mesmo assim sobrariam duas vagas para algum garoto jogar. O que o técnico fez?... Levou dois titulares, justamente para não dar nenhuma oportunidade para um dos meninos.

E por falar nisso, acabo de assistir um verdadeiro show da garotada do Fluminense em cima do “Voltaço” três a zero, fora o baile. Lá o Abelão confiou nos meninos, fazer o que...

Por Toninho Bolado

domingo, 12 de fevereiro de 2017

Esquentar lugar para outro

Eu gosto de futebol bem jogado. O jogador para mim tem que ter um toque diferenciado, uma batida diferente. Enfim, tem que saber fazer a bola correr e não ele correr como um louco. Eu já notei que o técnico Zé Ricardo prefere mais a segunda hipótese, ou seja, ele prefere o jogador veloz a o jogador técnico.

Alguém dirá: Mas ele está pondo o Mancuello para jogar e este não é um jogador de correria. Está pondo apenas para esquentar o lugar do Conca. Assim que o Conca começar a jogar, ele o saca do time, com certeza.

Não vamos querer comparar o campeonato brasileiro com o carioca, mas que o time está jogando mais bonito com o argentino em campo; isso está!

Jogadores como: Cirino, Gabriel, Fernandinho, individualmente correm o risco de arrebentarem em um campeonato, mas, coletivamente, sou muito mais o Mancuello, o Adryan e, lógico, o Diego e o Conca, porque com uma batida de escanteio ou uma falta bem cobrada, podem levar o time à vitória.

O Berrio fez gol na estreia dele pelo Flamengo, mas sem entrar em campo, ou melhor, entrou e fez tudo de errado, menos o gol.

O técnico não é burro, porque ele sabe que para esquentar lugar para o Conca tem de ser um jogador que saiba jogar, pois, do contrário, ele corre o risco de uma mudança muito brusca e consequentemente um fracasso do estreante.

Por Toninho Bolado

sábado, 11 de fevereiro de 2017

O Flamengo vai amarelar

Quando eu era garoto, jogava em um time na minha cidade que tinha as cores da seleção brasileira. Inclusive a camisa era amarela da gola verde, tal como a da seleção canarinho.

Não precisa nem dizer o orgulho que eu tinha de jogar em um time com as cores do meu país.Mesmo vivendo em plena ditadura militar, eu amava muito, principalmente o amarelo.

O tempo passou, hoje não sou mais nenhum garoto, o país sofreu novo golpe e aquele amarelo que eu tanto amava foi desbotando, desbotando... Aí veio a Avenida Paulista, patrocinada pela mídia, por alguns partidos da elite e pela FIESP e ficou toda amarela, com pessoas brancas gritando palavras de ódio contra aqueles que haviam cometido o grave erro de tentar fazer um país mais justo. Não é que eu tenha ódio ao amarelo, mas prefiro mais o vermelho, principalmente se for o vermelho e o preto, as cores do meu Mengão.

Por que fiz esse comentário acima? Porque, um dia desses, li que o Flamengo vai mudar sua terceira camisa e que a cor será “amarela.” Por que não? Toda preta, toda branca ou toda vermelha, que são as cores do flamengo?

A não ser que seja só para jogar em São Paulo. Aí, faz todo sentido...

Por Toninho Bolado

domingo, 18 de dezembro de 2016

Com 3 despedidas confirmadas no Fla, confira o Vai e Vem do mercado! Quem sai e quem chega no Flamengo para a Temporada 2017

Acompanhamos as transferências nos clubes nacionais e, sendo assim, vamos a uma lista do vai e vem do mercado do Clube de Regatas Flamengo visando à temporada 2017.

Obs.: Os atletas que estiverem grafados em negrito é porque são contratações confirmadas e/ou saídas confirmadas.

# Quem está chegando?

Jajá (meia, Avaí)Miguel Trauco (lateral-esquerdo, Universitário/Peru); Gil (Zagueiro, Shandong Luneng/CHINA)Dário Conca (meia, Shandong SIPG/CHINA)Rômulo (meia, Spartak Moscou-RUS)Dodô (lateral esquerdo, Sampdoria/ITA)Gabigol (atacante, Internazionale/ITA)Marcos Guilherme (atacante, Atlético/PR)Martín Cáceres (Atacante, Juventus/ITA)Vitinho (atacante, Internacional); Marinho (atacante, Vitória)William (atacante, Cruzeiro)Cazares (lateral, Atlético/MG)Lucas Alario (atacante, River Plate); Cecilio Domínguez (atacante, Cerro Porteno/PAR)Reinaldo (lateral esquerdo, São Paulo); Farfan (atacante, Al Jazira/Emirados Árabes); Valdivia (atacante, Inter/RS)Michel Bastos (meia, lateral, São Paulo);Vargas (atacante, Hoffenhein/ALE)

# Quem está saindo?
Chiquinho (lateral-esquerdo)Alan Patrick (meia, Shakhtar Donetsk),Emerson Sheik (atacante), Réver (zagueiro, Inter/RS)Lucas Mugni (meia, Bahia)Donatti (zagueiro, Rússia)Marcelo Cirino (atacante, Atlético/PR); Paulo Victor (goleiro)Leandro Damião (atacante, Corinthians)Fernandinho (meia-atacante, Grêmio)Gabriel (atacante, Inter/RS)Mancuello (meia, Monterrey)Igor Sartori (atacante, Itália)Thomás (meia, Náutico)

Fonte: http://blogurububolado.blogspot.com.br

Rodrigo Caetano revela planejamento para jogadores que voltam de empréstimo, confira situação de cada um:

O Flamengo segue firme no planejamento para a próxima temporada, incluindo renovações de contrato, dispensas e contratações. O Diretor de Futebol Rodrigo Caetano falou sobre o retorno de atletas que estavam emprestados para outros clubes.

 Cada um desses casos a gente está avaliando individualmente. A gente vai escolher o caminho para cada um deles. Se for permanência aqui, o que é pouco provável, porque a gente tem uma base montada, mas que eles deem seguimento aí, possam seguir emprestados para outros clubes e sendo monitorados pelo Flamengo. A gente vai trabalhar mais porque também depende do interesse, da vontade do atleta, da vontade do seu representante, é um entendimento que a gente deve ter. Hoje o clube não determina nem quando o jogador vai ser vendido nem para onde ele vai. 

Tem que haver o interesse do atleta e do seu representante, porque senão… Tivemos o exemplo aqui do Mugni que ficou esses meses aqui treinando conosco, apareceram inúmeros interessados e por opção dele acabou não indo. Espero que agora em janeiro todos possam ser encaixados.

Alguns atletas retornam em Janeiro, outros no meio de 2017. Confira quem ainda tem contrato com o Rubro-negro:

César (Ponte Preta) – Considerado uma das grandes revelações da base rubro-negra, o goleiro César foi emprestado para ganhar experiência, mas acabou não tendo muitas oportunidades na Ponte. 

 Léo (Atlético-PR) – Após ser um dos grandes destaques no vice-campeonato da Copa do Brasil pelo próprio Furacão, Léo chegou ao Flamengo, mas não se firmou. O lateral foi emprestado ao Internacional e repassado ao Atlético-PR, onde tem jogado com frequência.

Rafael Dumas (GOA FC) – O Fla resolveu emprestar jovens valores para adquirir experiência e rodagem em outros times, como é o caso do zagueiro Rafael Dumas, que foi cedidos ao Goa FC, clube indiano que tem como treinador o maior ídolo da história rubro-negra: Zico. 

Jonas (Dinamo Zagreb) – Após ser um dos grandes destaques da Série B pelo Sampaio Corrêa, Jonas chegou ao Flamengo em 2015, quando assinou contrato até 2019. Sem ter muitas oportunidades, o volante foi emprestado para Ponte Preta e repassado para o Dínamo com intuito de ganhar rodagem e experiência. 

Jajá (Avaí) – O objetivo do empréstimo foi para que o jogador tivesse sequência de jogos e adquirisse experiência no clube catarinense. 

Recife (Tupi) – Após atuar em 2015 pelo Atlético-GO, onde disputou o Campeonato Brasileiro da Série B, o jovem Recife  foi novamente emprestado, atuando em 2016 pelo Tupi-MG, sem muito destaque – Flamengo empresta volante ao Tupi-MG.

Trindade (GOA FC) – O do volante que fazia parte da equipe sub-20, foi cedido ao Goa FC para adquirir mais experiência e rodagem. 

Luiz Antônio (Bahia) – O volante tem 25 anos e foi revelado nas categorias de base do Flamengo, onde conquistou destaque e teve espaço firmado no elenco principal do time entre 2012 e 2014. Na temporada passada, perdeu espaço e neste ano foi emprestado ao Sport e depois repassado ao Bahia.

Rodolfo (Oeste) – O meia surgiu como grande revelação do Flamengo no Campeonato Carioca de 2013 e depois teve boa passagem pela Ponte Preta, ajudando a “Macaca” no acesso para série A do Brasileirão. Rodolfo interessa ao Confiança para 2017.

Thomás (Joinville) – Após jogar a Liga Americana de futebol pelo Seattle Sounders, Thomas foi emprestado novamente pelo Flamengo. O atacante foi cedido pelo Rubro-negro para o Joinville, mas não se firmou no clube catarinense.

Paulinho (Santos) – Após ser um dos grandes destaques na conquista da Copa do Brasil de 2013 pelo Flamengo, Paulinho caiu de rendimento e ainda se envolveu na polêmica do Bonde da Stella. O atacante foi emprestado ao Santos, mas não teve grande destaque. Em 2015, o atacante participou de 32 jogos com o Flamengo e marcou cinco gols.

Rafinha (Thai Honda FC) – O atacante, que tem contrato com o Flamengo até 2018, foi cedido por empréstimo de seis meses ao Thai Honda FC, com valor fixado para compra do atacante em € 1,5 milhão. A negociação foi intermediada por Rian Marques.

Douglas Baggio – Artilheiro da base rubro-negra nos últimos anos, Douglas Baggio atuou em apenas cinco jogos como profissional no Fla e foi emprestado ao Luverdense para ganhar experiência. Veja no link: Mercado da Bola: Douglas Baggio se diz muito motivado ao ser emprestado pelo Flamengo.

Nixon (América-MG) – Após ficar um bom tempo afastado dos campos por conta de uma lesão, Nixon de recuperou e foi emprestado ao América-MG para disputa da Série A do Brasileirão. Mesmo com uma campanha ruim do time, o atacante vem tendo oportunidades como titular no Coelho e recuperando seu ritmo de jogo. Ao todo, com a camisa Rubro-Negra, Nixon marcou 14 gols em 75 jogos.

Cafu (Mumbai) – Um dos principais jogadores do Flamengo na conquista da Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano, o jovem meia-atacante Cafu é um dos destaques do futebol indiano.

Outros emprestados que só retornam no meio de 2017:

Daniel (Maccabi Tel Aviv) – A diretoria do Flamengo emprestou jovens valores para adquirir experiência e rodagem no futebol do exterior. O goleiro Daniel, que revezava o posto de terceiro goleiro com Thiago, foi emprestado ao Maccabi Tel Aviv, de Israel, por um ano.

Canteros (Velez): Após ter poucas oportunidades no time titular do Flamengo nesta temporada, o volante Hector Canteros acertou seu retorno para o Vélez Sársfield, por empréstimo de um ano. 

Além dos nomes citados, o Flamengo ainda tem no elenco o meia Lucas Mugni, que retornou de empréstimo e treina separado do elenco principal.

Fonte: Torcedores.com

Oscar na China pode ajudar Flamengo na janela de transferências

O próximo brasileiro na mira do futebol chinês é o meia Oscar, do Chelsea. De acordo com a mídia britânica, o Shanghai SIPG tende a oferecer 20 milhões de libras anuais (cerca de R$ 84 milhões) para o jogador, além de receber quatro vezes mais que seu salário na Inglaterra – e isso com os impostos já deduzidos. Tudo bem, mas o que o Flamengo tem a ver com isso?

O Shanghai SIPG é o mesmo clube onde joga o também meia Darío Conca, que está na mira do Rubro-Negro carioca para 2017. Oscar joga na mesma função que Conca e, pelo que parece, chegaria para substituir o argentino, que atualmente se recupera de cirurgia no joelho esquerdo.

A expectativa é que Conca retorne aos gramados em março, por isso o Flamengo sinaliza a intenção de pedir contrato de empréstimo até dezembro de 2017.

O Rubro-negro abriria as portas do novo CT Ninho do Urubu para que o meia realize a última etapa da recuperação no CEP (Centro de Excelência em Performance), comandado pelo médico Márcio Tannure, a partir de janeiro.

Apesar da contusão, Conca é visto na Gávea como um jogador de característica incomparável e experiente (tem 33 anos) para ajudar o Flamengo na Libertadores desse ano. Além disso, o argentino seria companheiro do também rodado Diego no esquadrão de Zé Ricardo.

Fonte: Torcedores.com